Notícias >> Paisagismo

Paisagista lista qual jardim é mais apropriado para cada situação

12 de abr de 2012 | Por: Seu Lar Aqui

No momento de elaborar um jardim em casa, muitas pessoas acham que é simples e não solicitam a orientação de um profissional. Por fim, acabam errando ao colocar plantas em ambientes inadequados resultando na morte das espécies. Na maioria dos casos o morador não sabe o motivo pelo qual as plantas não se desenvolveram e acaba perdendo o interesse pelo jardim. Mas, o que muitos não sabem é que cada espécie tem exigências diferentes e conhecer sobra cada uma delas é fundamental para o sucesso de um projeto de paisagismo.

Segundo a paisagista e professora do CEPDAP (Centro de Educação Profissional de Design, Artes e Profissões), Araína Hulmann, cada planta necessita de um ambiente adequado e deve receber cuidados específicos para continuar saudável e se desenvolver adequadamente. “Principalmente nesta época do ano a atenção deve ser ainda maior, pois muitas plantas entram em dormência para resistir às baixas temperaturas”, afirma.

A professora lista os tipos de jardins para cultivar as variadas espécies de plantas que não resistem ao inverno, mas cada um deve ser elaborado conforme o tipo de espécie que vai receber. “São basicamente três tipos: o jardim de inverno, o jardim interno e a estufa. Para cada um deles é recomendado o uso de determinadas plantas, pois o conceito e a função serão diferentes para o cultivo”, explica.

De acordo com a paisagista as estufas são eficazes para aqueles que gostam de colecionar espécies que não se adaptam às condições climáticas do local de plantio. “Ou seja, a estufa é um abrigo destinado à cultura de plantas de diversos tipos, as quais não se adaptariam se fossem expostas ao clima local”, comenta Araína.

Já o jardim de inverno é um local destinado para exposição de plantas que não resistiriam a temperaturas mais baixas, pois nele predominam condições que satisfaçam as exigências dessas espécies. “Para esse tipo de jardim há a possibilidade de cultivo de plantas de clima mais quente em plena estação do inverno. Desta forma, o jardim é adaptado de acordo com a necessidade da vegetação”, orienta.

O que diferencia o jardim interno dos outros dois modelos é que as plantas têm que se adaptar ao ambiente, o conceito também é conhecido como sala-jardim. “Nesse caso são aquelas plantas que cultivamos dentro de casa. Por se tratarem de espécies que tem menor exigência da luz solar e preferência por locais sombreados, se adaptam perfeitamente a ambientes internos. Assim, esse tipo de jardim tem se tornado cada vez mais comum nas residências”, esclarece a paisagista.

O CEPDAP está com matrículas abertas para o Curso de Paisagismo e Design de jardins, que tem inicio no dia 12 de abril. Nas aulas os estudantes irão aprender a desenvolver e planejar jardins, explorando elementos artificiais, decorativos e mobiliários, além de saber diferenciar as variadas espécies vegetais. O curso é destinado ao público em geral e profissionais e estudantes da área.  Mais informações pelo site  www.cepdap.com.br, pelo telefone (41) 3029-4044 e também na fanpage http://www.facebook.com/cepdap.profissoesinovadoras

Perfil CEPDAP

O CEPDAP (Centro de Educação Profissional de Design, Artes e Profissões) atua desde 1998 na área de ensino. A empresa tem como objetivo qualificar profissionais diferenciados e competentes, oferecendo cursos que atendam as necessidades atuais do mercado. A instituição é reconhecida pela Secretaria do Estado de Educação, cadastrada no Ministério da Educação (MEC) e regulamentada pelos órgãos de classes como Associação Brasileira de Design de Interiores (ABD) e do Convention Bureau. O CEPDAP trabalha com cursos nas áreas de Design de Interiores, Paisagismo, Eventos, Gestão Desportiva, além de Marketing e Comunicação.  Mais informações no site www.cepdap.com.br

  • Imprimir

Notícias relacionadas

Quartos lúdicos ajudam crianças a superar medos

Móveis divertidos e interativos são bons aliados da decoração para ... Leia mais >


Diga sim ao bege na decoração; veja dicas para usar a cor

As cores fazem a cabeça de estilista e decoradores. Porém, ainda há... Leia mais >


Use a decoração para camuflar aparelhos eletrônicos

Livros podem ser utilizados para esconder roteador e como carregado... Leia mais >


Fotografias na decoração tornam ambiente criativo e intimista

Proposta resulta em efeitos modernos e personalizados na composição... Leia mais >


Cinco maneiras de criar uma decoração descontraída em casa

Seguir regras e tendências à risca nem sempre garante uma decoração... Leia mais >