Notícias >> Móveis

Mesas de centro viram protagonistas na sala

24 de jul de 2012 | Por: Seu Lar Aqui

Parece algo supérfluo. Mas não, a mesa de centro tem papel fundamental na sala. Para escolher a peça perfeita, tem de se levar em consideração o tamanho do ambiente para que ela não fique espremida entre os sofás nem dificulte a circulação. Também se deve pensar no layout dos móveis.

Claro que a opção mais lógica é colocá-la no meio do ambiente, mas se for irregular e tiver patamares de diferentes alturas, por exemplo, podem ficar com uma poltrona de um lado e um sofá, do outro. “Se for uma sala grande, a gente divide a mesa em dois ambientes. Fica cada uma virada para um conjunto de sofás”, explica a arquiteta Andréa Prezotto, responsável pelo escritório Maria Brasil.

A função básica da mesa de centro é servir de apoio para quem está sentado no sofá. Alguns objetos decorativos como bibelôs, castiçais e cinzeiros são sempre bem-vindos, contanto que não sejam usados em excesso. Grandes livros de arte também são uma boa pedida na hora de decorar, pois as capas são chamativas, portanto, é como ter um quadro na horizontal.

Se o problema é espaço, o melhor é unir o útil ao agradável e usar a peça para armazenar itens não decorativos. “Dá para fazer gavetões escondidos. O apoio não precisa ser uma mesa, mas um baú ou uma mala. Modelos com rodízio são práticos porque podem ir de um lugar ao outro quando preciso”, afirma o arquiteto João Mansur.

Apesar do conforto que oferecem, podem não ser a opção ideal para a sala de TV. “Como as pessoas acabam apoiando o pé nela, prefiro usar um pufe”, conta a arquiteta. Mas fazem sucesso nas varandas, especialmente nas reuniões de amigos, porque é um ótimo lugar para servir bebidas e aperitivos. São indicadas também para bibliotecas e até no quarto, se houver uma área de estar. “Faz sentido usar em todo lugar que tenha sofá ou poltrona”, defende Mansur.

O material mais usado depende muito da área em que ela está inserida, do tipo de decoração do ambiente e do perfil do morador. Os mais usados, segundo Andrea, são madeira, vidro e ferro. Modelos mais rústicos que imitam toras caem bem nas varandas e em algumas salas de estar. Peças de ferro ficam melhor em áreas externas, e aquelas com tampo de vidro são para os livings e se encaixam em uma decoração moderna ou clássica.

Fonte: Terra

  • Imprimir

Notícias relacionadas

Quartos lúdicos ajudam crianças a superar medos

Móveis divertidos e interativos são bons aliados da decoração para ... Leia mais >


Diga sim ao bege na decoração; veja dicas para usar a cor

As cores fazem a cabeça de estilista e decoradores. Porém, ainda há... Leia mais >


Use a decoração para camuflar aparelhos eletrônicos

Livros podem ser utilizados para esconder roteador e como carregado... Leia mais >


Fotografias na decoração tornam ambiente criativo e intimista

Proposta resulta em efeitos modernos e personalizados na composição... Leia mais >


Cinco maneiras de criar uma decoração descontraída em casa

Seguir regras e tendências à risca nem sempre garante uma decoração... Leia mais >